Jardinagem para iniciantes: 13 dicas profissionais para começar a plantar

As 13 dicas que separamos são simples de aplicar e entender, os conceitos são realmente básicos, porém todos sabemos que é isso que funciona de verdade.

Varias das coisas que te mostrarei poderão te parecer novidade, no entanto jardineiros profissionais lidam com isso diariamente, quer um exemplo? Sabia que existem plantas que, quando plantadas em grupo ajudam outras plantas no jardim?

Conheça agora essas dicas de jardinagem para iniciantes que poderão mudar sua visão de jardineiro para melhor.

 

jardinagem para iniciantes

 

1. Conheça seu clima e região.

Conhecer o clima é fundamental para ter sucesso ao fazer o plantio das especies que você quer em seu jardim. Obviamente algumas especies você não poderá plantar em determinados climas e regiões.

Como por exemplo tulipas. As tulipas são plantas que gostam de climas secos e ainda por cima frios, algo que não tem no Brasil.

Para que suas plantas sejam mais bonitas e que você tenha menos trabalho, plantar na época certa também faz diferença.

Imagine, por exemplo que você quer cobrir uma área com tapetes de grama. No entanto, você mora na região centro-oeste e está nos meses de inverno.

Nessa época do ano o clima é ensolarado e extremamente seco, quem decidir plantar nestas condições terá muito trabalho para manter o solo úmido para as plantas crescerem.

Diferente do que plantar nos meses de primavera nesta mesma região.

Por isso plantas nativas são melhores para se ter em um jardim, elas já estão adaptadas para o local, essas plantas por fim acabam sendo mais fáceis de cultivar o que é bom para quem está aprendendo jardinagem para iniciantes.

Minha recomendação é que você conheça seu clima, tendo informações da temperatura, tempos de chuva, estiagem e umidade da ar. Depois disso conheça quais são as necessidades de ambiente que as plantas que você quer precisam.

Procurando por Jardinagem em Sorocaba? Confira:

2. Conheça, melhore e trabalhe seu solo.

jardinagem para iniciantes

Como segunda dica de jardinagem para iniciantes aconselho você à saber qual o tipo de solo que você possui, possivelmente você irá ter melhora-lo para as plantas que você terá no jardim ou mesmo em horta.

Obviamente cada planta exige solos diferentes, por isso será necessário que você forme grupos de plantas que exijam o mesmo solo além das mesmas necessidades de rega.

Afinal suculentas em uma horta não irá dar muito certo, não é verdade?

Existem vários tipos de solo, os principais são os solos arenosos, argilosos e humoso (terra preta rica em matéria orgânica).

Cada solo tem sua especificidade, e gera determinado tipo de problema. Os solos mais argilosos tendem a reter mais umidade e se tornar mais compactados com o tempo.

Por outro lado os solos arenosos não retém água e possuem poucos nutrientes.

Procurando por Jardinagem em Sorocaba? Confira:

Os solos humosos são os melhores para a grande maioria das plantas ornamentais de jardim o preferem, pois tem nutrientes mantem o solo fresco e macio para as raízes.

 

Um teste muito bom para se fazer é testar o nível de Ph do sol, ele não é um teste preciso mais já é suficiente para determinar se um solo é acido ou alcalino para suas plantas.

Formas de melhorar o solo:

Você deverá melhorar o solo de acordo com o tipo de solo que ele é, procure conseguir um equilíbrio entre argila e areia.

Outra forma de melhorar seu solo é adicionando matéria orgânica, essa é quase que uma maneira obrigatória.

Adicionar matéria orgânica ao solo traz muitos benefícios para as plantas, como nutrientes naturais, além de um substrato mais fofo e fresco para as raízes.

Além disso você pode colocar fertilizantes naturais, cobertura de solo, adicionar minhocas, e afofar a terra com um garfo de escavação. Essas são algumas dicas de jardinagem para iniciantes para melhorar seu solo.

 

3. Conheça os tipos de plantas.

Assim como conhecer o seu solo, saber com que tipos de planta você está lidado é importante, são muitas as especies de plantas.

Com mais de 400 mil plantas, conhecer ao menos os tipos significará que você entende seus hábitos de crescimento solo, rega e ambiente, dessa forma aprender a cuidar de qualquer planta fica mais simples.

Algumas formas de dividir suas plantas são pelas quantidades de luz que ela recebe, como plantas de sol pleno, meia sombra e sombra.

Outras formas são plantas perenes e anuais, e pelo aspecto morfológico como por exemplo: árvore, arbustos, herbáceas, trepadeiras e gramíneas.

Aconselho conhecer muito bem suas plantas, saber que proporções ela pode tomar, se suas raízes podem causar estragos, se elas são venenosas para humanos e animais e qual seu tempo de crescimento.

Enfim conheça bem suas plantas evite erros de jardineiros iniciantes antes deles estarem em seu jardim.

Procurando por Jardinagem em Sorocaba? Confira:

4. Algumas plantas, juntas podem ajudar umas as outras.

Considere o plantio complementar ao planejar, plantas específicas podem ajudar a manter as pragas sob controle e outras naturalmente crescem bem juntas. Evitar pragas é algo bom quando se está aprendendo jardinagem para iniciantes.

Algo que acho muito legal em plantas, muitas delas tem “habilidades” que podem ser uteis de alguma forma. Algumas podem curar doenças, matar a fome, no entanto algumas podem funcionar como complemento à outras plantas.

Sempre considere o plantio complementar ao planejar seu jardim, mesmo que funcione melhor em hortas orgânicas, em jardins comuns pode dar muito certo.

Quando digo que certas plantas podem complementar outras, quero dizer que elas podem manter outras plantas seguras de pragas ou ainda fornecer apoio, sombra, nutrientes no solo e muito mais.

Um exemplo que gosto de dar para quem recebe dicas exclusivas minhas por e-mail é: Abobora + milho + feijão.

Mas existem muitas outras combinações possíveis, como usar plantas repelentes em hortas, etc. A unica regra para essa pratica é não plantar coisas que vão disputar por espaço, luz e nutrientes.

5. As plantas também precisam de níveis diferentes de luz.

Muita ou pouca luz pode estressar uma planta com facilidade, o que vai torna-lá mais propensa a contrair doenças, pragas e até mesmo a morte. Mas, felizmente a grande maioria das plantas possui informações disponíveis sobre luz.

No entanto mesmo conhecendo as necessidades de luz de uma planta pode ser difícil encontrar um local perfeito, isso exigirá varias tentativas e erros por sua parte, isso poderia ser pior caso você não conhece essas dicas de jardinagem para iniciantes.

Monitore como as plantas se comportam em determinado local, principalmente se elas forem plantas que estão em vasos.

Como disse antes, as plantas podem ser divididas em 3 grupos conforme suas necessidades use esses grupos para separar suas plantas em .

Sol pleno: Sol pleno significa que uma planta deve receber muitas luz solar direta, sem nenhuma sombra. Uma planta de sol pleno deve receber cerca de 6 horas de luz solar direta por dia, de preferencia que elas recebam mais.

Meia-sombra ou Luz indireta: Plantas com a necessidade de meia-sombra precisam de até no máximo 4 horas de luz solar direta por dia, e de preferencia no horário menos quente.

Quando essas plantas não estão no sol direto elas devem ser colocadas em um local que tenha sombra, mas ainda sim receba muita luz solar. Pode ser uma janela ou varanda, por exemplo.

Sombra: este tipo de planta não deve ficar de nenhuma forma no sol, devem receber no máximo luz indireta e mesmo assim, dependendo da especie, com pouca intensidade.

Acertar o nível exato de luz de plantas de sombra é uma das tarefas mais difíceis, mantenha sempre a atenção em suas plantas de sombra.

6. Faça a manutenção correta em suas plantas.

A manutenção de um jardim é uma das coisas mais importantes a se fazer, para que ele permanece bonito ao longo prazo.

Mantenha sua grama aparada, assim como os arbustos, e cerca-vivas e não se esqueça de rastelar a área. Jamais use tesouras que não estejam limpas, pois podem contaminar a planta com doenças.

Corte galho velhos e os que estão crescendo de forma desproporcional.

Fertilizar o solo também é de extrema importância para o desenvolvimento continuo da planta.

Retire folhas mortas de suas plantas, assim como flores secas, isso já aproveite para fazer uma poda que permita a maior ramificação dos galhos, tendo assim mais flores uma folhagem mais densa.

7. Saiba a quantidade de água que cada planta precisa e qual o melhor horário para regá-las.

Quando estiver pesquisando sobre uma planta, procure informações sobre seus hábitos de rega. A rega é muito importante para quem está aprendendo jardinagem para iniciantes.

Mesmo que as plantas exijam níveis de água e frequência diferentes entre si, elas podem se beneficiar do mesmo horário de rega. As regas devem ser feitas principalmente em dois horários:

Pela manhã bem cedo ou durante a tarde quando o calor passar. Dessa forma você evita que fungos se instalem nas plantas, o que levaria a marte das plantas.

A rega da maioria das plantas pode ser feita nesse horário, no entanto existem raras exceções que precisam gostam de regas em outros horario, como as rosas, o melhor horario para regar uma roseira é ao meio dia.

Dessa forma o solo e as folhas secam mais rápido.

Além disso uma das dicas de jardinagem para iniciantes relacionada a rega muito importante é regar sempre profundamente solo. Se a planta estiver em vaso regue até a água sair pelos furos de drenagem.

Caso a planta esteja em canteiro, faça varias “pequenas regas” para que a água penetre no solo ao invés de escorrer toda.

8. Atraia animais importantes para seu jardim.

Ter animais em seu jardim é muito importante, existem vários deles que são benéficos ao jardim como por exemplo:

  • Abelhas;
  • Joaninhas;
  • Nematoides benéficos;
  • Aranhas;
  • Lagartos e lagartixas;
  • Minhocas;
  • Borboletas;
  • Vespas;
  • Sapos;
  • Aves;

Esses animais são responsáveis por manter os jardins em equilíbrio, pois esses são os animais bons que eliminam os ruins, melhoram o solo e ainda fazem parte da reprodução de muitas plantas.

Você pode tentar atrair muitos desses animais, e eu até recomendo, no entanto além de atrair a melhor técnica é fazer com que eles fiquem por perto.

Procurando por Jardinagem em Sorocaba? Confira:

Como atrair e manter esses animais em seu jardim?

Talvez você esteja se perguntando que é algo difícil atrair animais para um jardim, ainda mais quando você está lendo um artigo de jardinagem para iniciantes. Mas na verdade esse é o melhor horário para se aprender a como atrai-los.

Dessa forma você pode colocar alguns desses itens em seu planejamento.

Uma fonte de água para esses animais é extremamente importante, todo ser vivo precisa de água.portanto considere a criação de um lago pequeno.

Em segundo lugar esses animais iram precisam de abrigo, para se protegerem de predadores e criarem seus filhos. Plantas de forração, árvores, cobertura de solo, e casas para passarinhos também servem.

Inclua também flores nativas que iram fazer abelhas e lindos beija-flores se aproximar de seu jardim com mais frequência, assim suas plantas sempre estarão polinizadas.

Costumo dizer que os jardins atingem um nível magico quando possuem vida, não apenas plantas.

9. Use cobertura de solo em suas plantas.

Posso ficar horas tentando te explicar como as coberturas de jardim fazem diferença ainda mais em jardinagem para iniciantes. É absurdo como as plantas começam a se desenvolver a partir do dia que você começa a usar cobertura.

Alguns dos benefícios do uso da cobertura incluem:

  • Proteção do solo contra a queimadura solar;
  • Ajuda na retenção de umidade, e a manter o solo fresco no calor;
  • Proteção contra erosão das regas;
  • Impede que a grande maioria das ervas-daninhas cresçam, pois elas serão sufocadas;
  • Diminuição da frequência das regas.

Criar sua cobertura de solo é muito fácil, você pode optar pela morta ou viva.

A cobertura morta pode ser feita com: Casca de pinus (a melhor na minha opinião), pedras, grama cortada, folhas mortas e plastico de proteção (mais comum em hortas).

Já a cobertura viva pode ser feita com plantas de forração como: Lambari, lobélia, dinheiro-em-penca, hera e muito mais.

Esse é um dos melhores conselhos de jardinagem para iniciantes, use-o bem, seja em vasos ou em canteiros a cobertura vai funcionar.

10. Cultive plantas fáceis.

Não sabe o que plantar, ou tem medo de suas plantas morrerem por que nunca criou algo que tenha dado muito certo?

Existem muitas plantas fáceis de cultivar, pois possuem uma resistência enorme.

Algumas são:

  • Cactos;
  • Suculentas;
  • Eufórbias;
  • Bulbos;
  • Peônias;
  • Lavanda;
  • Caladium;
  • Lirio;
  • Cróton;
  • Espada de são jorge;
  • Girassol;
  • Costela-de-adão;
  • Lirio-da-paz;

Procurando por Jardinagem em Sorocaba? Confira:

 

11. Seja orgânico.

A jardinagem orgânica traz vários benéficos para quem pratica, seu jardim começa a adquirir muito mais vida cor e perfume, além disso suas hortaliças terão mais sabor e você poderá come-las sem culpa de desenvolver um câncer.

Basicamente a jardinagem orgânica se resume à não usar nada “químico”, industrializado ou sintetizado em laboratório.

Por exemplo:

Um inseticida de alho e água é orgânico, assim como um inseticida como óleo de neem que foi industrializado, mas veio de uma arvore. No entanto algo como agrotóxicos ou defensivos químicos totalmente feitos em laboratório não são indicados.

12. Tudo leva tempo…

Paciência é o segredo da jardinagem, se você não pretende desenvolver o hábito de esperar, confesso que você terá muita dificuldade, portanto, cultive sua paciência.

Jardineiros profissionais sabem que não tem escolha a não ser esperar que as plantas cresçam em seu próprio tempo, não importa o que façamos ou que dicas de jardinagem para iniciantes usamos.

No mundo de hoje, não é fácil ser paciente. Nós não gostamos de esperar, a todo momento estamos procurando novas notificações nos celulares por exemplo.

A internet também alimentou a crença de que podemos nos tornar especialistas em um campo escolhido da noite para o dia.

Quem tem paciência nesses novos tempos é rei, e jardineiros desenvolvem a sua.

Um jardim criado com paciência e pensamento de longo prazo pode, ao longo dos anos, tornar-se um mapa de sua vida. Você se lembrará de quando fez isso ou aquilo e o que aconteceu naquela época..

São os estágios da sua vida em plena floração. As memórias estarão lá para você como um álbum de recortes.

Se reconhecermos que paciência faz parte da jardinagem, esperar pacientemente se torna tolerável e, eventualmente, mais agradável. A alegria muitas vezes está no processo não no resultado.

13. Tenha um plano.

Começar com um plano é sempre bom, poderá colocar suas ideias já com noções de espaço e o tipo de jardim que você vai ter. Desenhe e faça listas do que você quer, planeje e pesquise bastante.

Conheça também a altura que suas plantas podem alcançar, como elas crescerão, e a necessidade de exposição ao sol de cada uma delas.

 

Fonte: https://guiadejardinagem.com.br/jardinagem-para-iniciantes/