Quais os tipos de lajes que podem ser usadas em uma obra

Nós sabemos aqui no Guia do Construtor a importância da laje na obra ou construção, percebemos também que devido à grande quantidade de tipos de lajes muitas pessoas tem dificuldade de saber qual a melhor opção para sua necessidade.

Por isso nessa postagem falaremos um pouco sobre os tipos de lajes, suas principais vantagens e desvantagens, deixando mais fácil para você definir qual escolher.

Procurando por Lajes em Sorocaba? Confira:

O que são lajes?

As estruturas planas em geral feitas de concreto que se apoiam nas vigas de construção ou sobre os pilares são chamadas popularmente de lajes, apesar da opção sobre pilares seja a menos comum em construções residenciais. Para facilitar o entendimento sobre os variados tipos de lajes, vamos dividi-las em duas categorias distintas, as LAJES MACIÇAS e as LAJES PRÉ MOLDADAS, que também são conhecidas como LAJES PRÉ-FABRICADAS.

Laje Maciça

A laje maciça é construída na obra geralmente e é conhecida também como moldada in loco. O processo pode variar um pouco mas geralmente é seguido o seguinte, usa-se uma forma de madeira sustentada com madeira de escoramento, que são chamadas de “pontaletes", em seguida a ferragem com vergalhões é montada dentro da forma, feito isso é despejado o concreto para preenchimento.

Um processo que demanda muita técnica do pedreiro, pois deve ter muito cuidado com a concretagem, a escolha de ferramentas e equipamentos adequados é necessária para garantir que a laje possua resistência para suportar o peso do concreto, após secagem do concreto a laje maciça está pronta.

A grande vantagem de optar por uma laje maciça é justamente uma maior garantia de que as fissuras e trincas não aparecerão, do ponto de vista estético a laje maciça proporcionar um acabamento liso na parte interior.

Apesar das vantagens na construção de uma laje maciça se consome muita madeira, além do mais essa escolha geralmente é mais pesada e exige mais da estrutura, geralmente fazendo com que o custo seja mais caro do que uma laje pré-moldada.

Procurando por Lajes em Sorocaba? Confira:

Tipos de lajes pré-moldadas

Clique aqui e conheça todos os nossos fornecedores de lajes em Sorocaba

Existem vários tipos de lajes maciças, falaremos um pouco dos 3 tipos mais comuns para construções residenciais, que são, a simples a tipo cogumelo, e a Nervurada.

No modelo mais comum a simples, a laje é formada por uma superfície plana e lisa na parte superior e inferior, e se apoia nas vigas da construção, modelo simples e mais fácil de fazer, porém nem toda obra consegue ter lajes simples.

Parecidas com as lajes simples a laje cogumelo também é plana e lisa na parte inferior e superior a única diferença é o ponto de apoio, que nesse caso são os pilares. Devido à alta pressão que é transferida para uma pequena área, (nesse caso o topo do pilar) é imprescindível que seja reforçada a área de contato entre o pilar e a laje , se isso não for feito, um fenômeno conhecido no meio da construção civil como punção é observado, nesse caso, o pilar fura a laje como uma agulha no papel, é possível reforçar a área de contato aumentando a quantidade de ferro e a espessura da laje nesse ponto, criando “chapéus" sobre os pilares, tornando aquele ponto da laje mais resistente.

Já as lajes nervuradas, também conhecidas como caixão perdido, são uma opção para vencer grandes vãos com uma espessura relativamente pequena. Nesse formato um conjunto de vigas é concretado junto de uma laje inferior, e outra laje superior, esse combo laje +viga +laje é o segredo para a pequena espessura no preenchimento de grandes vãos, mais usado em construções antigas, em um apartamento por exemplo esse modelo de laje torna fácil eliminar paredes devido ao forro ser uma grande superfície lisa, porém o espaço entre as lajes não é acessado, daí o apelido caixão perdido.

Clique aqui e conheça todos os nossos fornecedores de Lajes

Lajes pré-moldadas ou pré-fabricadas?

Como o próprio nome indica as lajes pré-moldadas ou pré-fabricadas, vêm quase ou prontas da fábrica para obra, são placas e painéis de concreto preenchidos com materiais diversos, cada material proporciona um nível diferente de resistência, e exige um procedimento diferente de instalação, e manuseio.

As principais vantagens dos modelos de laje pré-moldados ou pré-fabricados são, custo, geralmente são mais baratas do que lajes maciças, diminuem o tempo da obra pois geralmente possuem fácil processo de montagem, apresentam na maioria dos casos menor acúmulos de entulhos na obra, a forma de madeira usada para construção da laje maciça que produz muito entulho não é necessária nesse tipo de laje por exemplo.

A dificuldade de dar um bom acabamento nesse tipo de laje vem como maior desvantagem, junto com o aparecimento de trincas e fissuras, ambas estão ligadas a uma boa escolha de produto e uma boa escolha de profissional, sendo assim, uma laje pré-moldada ou pré-fabricada bem projetado é muito eficiente.

Tipos de lajes pré-moldadas e pré-fabricadas

Clique aqui e conheça todos os nossos fornecedores de lajes em Sorocaba

Como sempre falamos aqui no Guia do Construtor, o mercado de obras está sempre em evolução novas tecnologias e materiais são descobertos e tem sua eficiência comprovada o tempo todo, por isso vamos falar apenas de alguns tipos de lajes pré-moldadas, que são os mais vistos hoje em construções residenciais.

As lajes treliçadas com lajotas cerâmicas são sem dúvida uma ótima opção para preenchimento de pequenos vãos com custos baixos. Ela é constituída por pequenas vigotas de concreto com uma armadura superior em forma de treliça, é instalada lado a lado e o espaço entre elas é preenchido de lajotas cerâmicas, a concretagem que é feita ao final da resistência. Devido ao baixo custo e alta eficiência é o método mais usados em pequenas resistências, é importante lembrar que é necessário muito cuidado no transporte, montagem e concretagem desse tipo de laje, pois as lajotas são frágeis e costumam quebrar com facilidade.

Parecidas com o modelo anterior as lajes treliçadas com isopor tem o mesmo padrão de montagem a diferença é que o preenchimento entre os espaços da treliça é feito com blocos de isopor, o que deixa essa laje leve facilitando sua montagem e instalação de canos e conduítes. Porém o acabamento é um pouco diferente pois além desse tipo de laje não permitir furos na parte inferior, o acabamento tradicional de chapisco e reboco necessita de uma cola especial para que tenha aderência na laje.

Para vãos maiores a opção mais usada é a laje de painéis treliçados, diferente dos outros tipos essa laje é formada por grandes painéis de concreto e não pequenas vigotas, que na montagem ficam encostados uns nos outros, compondo a própria forma para o concreto. As vantagens dessa laje são que uma menor necessidade de madeiras de escoramento devido à resistência inicial dos painéis, também não é necessário um acabamento na parte inferior da laje que já fica boa devido ao bom acabamento dos painéis. Costuma ser 30% mais cara que a opção as lajes treliçadas com lajotas cerâmicas, porém apresenta também uma qualidade muito superior e ainda assim é mais barata que as maciças.

Ainda existem outros tipos de lajes pré-moldadas, porém nesse post buscamos focar nas opções para obras residenciais, que geralmente apresentam vãos menores. A escolha da laje perfeita vai depender muito da sua obra, e necessidade, procure profissionais confiáveis para que você tenha auxilio, e confiança na montagem e na escolha do produto.

Encontre diversos fornecedores de lajes em Sorocaba no Guia do Construtorwww.guiadoconstrutor.com.br/lajes-em-sorocaba