Quatro motivos para fazer o acabamento em gesso — e três erros a serem evitados

Está na dúvida se o teto em gesso é a melhor opção para o seu ambiente? Confira nossas dicas.

O gesso é um dos acabamentos mais utilizados em lajes de ambientes internos e realmente é um dos mais interessantes por oferecer muitos pontos positivos. Confira abaixo quatro vantagens de aplicar revestimento em gesso no teto da sua obra e três erros muito comuns que você deve evitar.

Procurando por gesso em Sorocaba? Confira aqui!

1. Estética ilimitada

O gesso oferece muita versatilidade na parte estética da obra, mesmo para projetos mais ousados. Suas propriedades permitem que sejam feitos recortes e desenhos, numa infinidade de possibilidades. Se o que você busca é versatilidade para um projeto luminotécnico, nenhum outro material se compara ao gesso, ainda que hajam outras opções também interessantes.

 

2. Instalação rápida e barata

Rapidez e praticidade na instalação é outro destaque na aplicação de gesso no acabamento do teto, principalmente se o serviço for feito por uma empresa ou profissional contratado à parte. Nesses casos, o preço e o tempo para execução do trabalho já foram combinados antes, evitando surpresas desagradáveis e gastos inesperados. Além disso, o mercado conta com diversos ótimos profissionais de gesso em Sorocaba e região.

 

3. Esconde encanamentos e vigas

O gesso é um acabamento mais seguro e prático para instalações hidráulicas, uma vez que a tubulação não fica embutida na laje, mas “escondida” entre a laje e o rebaixo de gesso. Se no futuro houver necessidade de algum reparo por conta de vazamentos na tubulação de água, a vantagem será maior ainda. Basta um recorte no gesso para alcançar a parte da tubulação a ser reparada. Outra possibilidade estética é de fazer um teto uniforme, sem vigas aparentes.

 

4. Isolante térmico

Os dias mais quentes do verão tornam-se menos sofríveis em edificações com teto em gesso. Comparado a outros tipos de acabamentos para laje, o gesso é o melhor isolante de calor.

 

Está pensando em fazer acabamento em gesso? Evite esses três erros

 

1. Pé-direito muito baixo

Se você ou seu cliente deseja fazer um revestimento de gesso para o teto, certifique-se antes de que a altura do pé-direito do ambiente comporta a aplicação. Lembre-se que o gesso vai consumir no mínimo 10 centímetros da altura total. Por mais bonito que seja o teto, não vai valer a pena se ficar muito baixo. Uma solução nesses casos é usar gesso apenas em detalhes nos cantos. Se a obra ainda estiver na fase de projeto, verifique os ajustes necessários com o seu arquiteto.

 Procurando por gesso em Sorocaba? Confira aqui!

2. Cuidado com a sujeira

A aplicação do gesso faz muita sujeira, de respingos de massa e pó espalhado por todos os lados. O ideal é aplicar o gesso antes de instalar pisos, bancadas, louças e, principalmente, antes de qualquer pintura. Se tudo já estiver assentado, peça para o seu gesseiro cobrir tudo certinho com plástico, inclusive o piso. Pode dar trabalho, mas vai ser menos do que se tiver que limpar os excessos de pó e massa de gesso depois.

gesso em sorocaba

3. Não deixe a instalação elétrica para depois

A distribuição dos fios elétricos e marcação dos pontos de luz deve ser feita antes da colocação do gesso. Além de facilitar o trabalho do eletricista, vai evitar que sejam necessários cortes no gesso já instalado.

Encontre aqui telefones e endereços de lojas de gesso em Sorocaba e região. Com o Guia do Construtor você encontra as melhores opções em construção civil: www.guiadoconstrutor.com.br/gesso-em-sorocaba