Categorias

5 motivos para contratar um arquiteto em obras residenciais

O arquiteto é o profissional que ajuda a transformar as ideias do cliente em realidade, ou seja, realizar uma obra que atenda às necessidades dos moradores e também aos requisitos básicos de uma construção confortável e de bom gosto. Esses e outros argumentos são importantes para conversar com o cliente e agregar valor ao trabalho.

A presença de um arquiteto pode ser o diferencial entre um projeto bem-sucedido e uma obra que não atingiu as expectativas do cliente. É um investimento que garante resultados melhores e dentro de um prazo adequado para as suas necessidades.

Procurando por arquiteto em Sorocaba? Confira aqui!

Por isso, neste post vamos listar alguns dos principais motivos para contratar um arquiteto. Vamos ajudar você a ter mais argumentos na hora de conversar com seu cliente e agregar valor ao trabalho, já que muitas vezes o arquiteto é responsável por montar a casa dos sonhos.

Um projeto bem-elaborado valoriza o preço comercial do imóvel, aumenta a funcionalidade dos móveis, deixa espaço para as pessoas se movimentarem com conforto e comodidade.

Continue lendo para saber mais sobre as vantagens de ter um arquiteto em obras residenciais!

1. Obras bem-planejadas

Quando pensamos em fazer uma obra ou reforma, é normal imaginar como ela vai ficar no futuro, pegar referências e conversar com outras pessoas que vão querer dar ideias e dizer o que já deu certo e errado com elas.

Porém, tudo isso pode ser discutido com um arquiteto. Diante de todas as ideias confusas e expectativas para o resultado, o profissional vai elaborar um projeto e apresentá-lo antes mesmo de as obras começarem.

Com esse planejamento, é possível ver qual é o resultado da obra sem ter quebrado ainda nenhuma parede. Você vai poder conferir as saídas hidráulicas e elétricas, o tamanho que os móveis vão ocupar e se as cores combinam da forma como tinha pensado.

Esse planejamento é ideal para que a obra seja realizada uma vez só, sem refações por erros ou mudanças de ideia. Contratar um arquiteto costuma inclusive sair mais barato do que ter que refazer algo que deu errado. O gasto extra com material e mão de obra é enorme — e pode ser evitado com a ajuda de um profissional que é autoridade no assunto.

2. Espaço bem-aproveitado

Uma das coisas que o arquiteto aprende a fazer é aproveitar o tamanho do ambiente da melhor forma possível, otimizando os espaços disponíveis e garantindo que tudo tenha seu devido lugar.

Alguns apartamentos têm um formato difícil de explorar, mas é provável que o arquiteto tenha boas ideias para resolver esse impasse e tornar o espaço útil para os moradores.

A decoração e os móveis planejados deixam o local com outra cara. Às vezes, ele nem tem potencial para ser útil e funcional, mas pode ser usado para criar um cantinho decorativo, deixando o ambiente com mais personalidade.

Um lugar minúsculo pode ganhar a sensação de ser maior se for explorado de forma eficiente. E essa é uma das especialidades do arquiteto: propor soluções inteligentes para os ambientes desafiadores.

Procurando por arquiteto em Sorocaba? Confira aqui!

3. Estilo adequado

Um arquiteto também está preparado para observar as referências escolhidas pelo cliente e adaptá-las ao projeto. O profissional, depois de se reunir com o cliente e saber as suas preferências, pode combinar diferentes vertentes da arquitetura para que o resultado cumpra as expectativas.

Ele não deve impor seus gostos, mas é importante saber quando as escolhas do cliente não vão gerar um resultado interessante. Nesses casos, é melhor intervir e mostrar que outras decisões podem ser mais adequadas para o objetivo estabelecido para a casa.

No caso contrário, quando o cliente não tem ideia de por onde começar, o arquiteto pode mostrar algumas opções que combinam com a sua personalidade e estilo de vida ou que são interessantes para o estilo escolhido. O arquiteto é capaz de definir prioridades e mostrar para onde o projeto deve seguir, baseado na sua experiência em lidar com diferentes referências.

Sem essa ajuda, existe uma grande chance de a casa ficar sem originalidade, ou muito pesada com tendências que não harmonizam entre si.

4. Materiais de alta qualidade

Existem muitas opções de materiais no mercado, e é importante consultar um arquiteto para escolher qual delas é mais apropriada para a obra. Ele é o profissional que tem condições de dar uma opinião pertinente sobre o assunto e de adequar o estilo com a funcionalidade, construindo um ambiente bonito e funcional.

A escolha dos materiais é inteiramente baseada no projeto que foi entregue no começo da obra. Por isso, contar com a presença do arquiteto nessa hora é essencial para seguir com o plano que foi feito desde o início, garantindo um resultado igual ao esperado.

Alguns materiais parecem de alta qualidade mas não cumprem o que prometem. A experiência do profissional é decisiva nesse momento, a fim de alcançar um resultado durável por um preço justo. Investir em algo barato demais pode acabar se tornando uma dor de cabeça e exigir outra obra muito antes do que seria razoável.

Além disso, os materiais selecionados de maneira correta causam um conforto térmico, acústico e luminoso que dificilmente poderia ser conseguido com outras matérias-primas.

5. Ambiente com identidade

Planejando com antecedência, aproveitando bem o espaço e escolhendo com cuidado o estilo e os materiais, é possível entregar um projeto coeso e com uma identidade forte.

Mesmo que cada cômodo tenha suas peculiaridades, eles combinam entre si e fazem sentido dentro do que foi planejado para a casa. O trabalho de um arquiteto é o diferencial entre um lugar para morar e um lugar perfeito para morar, pensando nas necessidades específicas das pessoas e otimizando todo o espaço disponível.

Além disso é possível que a identidade do ambiente ultrapasse o estilo. Soluções sustentáveis podem ser uma saída para economizar em contas de água e energia elétrica, e um jeito de reafirmar as preferências dos moradores que se preocupam com a preservação ambiental. Os profissionais de arquitetura estão cada vez mais preparados para adaptar sua casa a essa tendência, que é boa tanto para o seu bolso quanto para o planeta.

Ao fazer uma obra em casa, tenha certeza de que o dinheiro gasto ao contratar um arquiteto é um investimento inestimável para a sua qualidade de vida com estilo, conforto e bom gosto.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe o conteúdo nas redes sociais e mostre aos seus amigos a importância de contratar um arquiteto!

(via)